Como a alimentação saudável pode evitar problemas de saúde?

Como a alimentação saudável pode evitar enfermidades?

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Cuidar da alimentação não se trata somente de estar atenta ao sobrepeso e preocupada com a estética. O cuidado com a alimentação saudável deve ter como prioridade a saúde e a prevenção de doenças de risco que podem surgir devido à má alimentação.

Nosso sistema imunológico se estrutura em cima da absorção de diversas vitaminas, minerais, aminoácidos e substâncias específicas que vão gerar reações químicas que vão proteger o nosso organismo de possíveis microrganismos invasores. E a nossa alimentação tem tudo a ver com isso.

O que ingerimos não pode estar somente atrelado à questões culturais, gostos pessoais ou falta de tempo. Precisamos selecionar alimentos que prezam pelo bem-estar e pela saúde do nosso corpo. Manter uma alimentação saudável não precisa ser um sacrifício e você não precisa deixar de comer as coisas que gosta.

Para saber mais sobre como uma alimentação saudável pode ajudar a evitar problemas de saúde, continue a leitura.

Como manter uma alimentação saudável na correria do dia a dia?  

Muitas vezes a correria dos dias atuais atrapalha a rotina de manter uma alimentação saudável, fazendo com que as refeições sejam repletas de alimentos industrializados, cheios de gorduras não saudáveis ou apresentem um consumo excessivo de carboidratos simples.

Apesar de ser um dos principais meios de fornecimento de energia para o corpo, o carboidrato precisa ser tratado com atenção quando ingerido. Os carboidratos simples, como as farinhas brancas e produtos refinados, têm suas moléculas quebradas rapidamente pelo organismo, fornecendo picos de energia e aumentando os níveis glicêmicos do sangue.

No consumo de carboidratos simples a sensação de saciedade não acontece, pois a queima dessa energia ocorre muito rapidamente e ela é convertida em gordura. Sem contar que glicose em excesso no sangue gera a sensação de cansaço e o aumento da glicemia em picos gera um desequilíbrio no aporte de insulina do organismo.

Diferentemente dos carboidratos complexos, compostos de variedades de legumes, verduras e folhas verdes, grãos e oleaginosas e alguns alimentos integrais, onde suas moléculas são quebradas lentamente pelo organismo e não ocorrem picos glicêmicos, mas uma curva regular, mantendo a saciedade por mais tempo e também o equilíbrio das substâncias envolvidas no processo.

alimentação saudável

Para manter uma alimentação saudável e fugir das possíveis doenças que podem surgir devido à má alimentação, é preciso estar a par das predisposições que o organismo possui. Consultar um médico e um nutricionista de confiança antes de iniciar qualquer processo de dieta, seja reeducação alimentar ou com finalidade de emagrecimento, é fundamental para garantir a saúde e o bem-estar durante o processo.

E para não fugir da sua dieta durante o dia a dia, é importante que você entre na rotina da alimentação saudável. Estabelecer um processo de criação das refeições, armazenamento de porções e ter consciência de que em alguns locais você não vai encontrar alimentos que fazem parte da sua alimentação saudável é importante.

Por isso, às vezes vale mais a pena levar o seu almoço para o trabalho. Além de economizar não almoçando fora, você garante uma alimentação saudável e não foge das suas prioridades nem cai em tentações.

Não é preciso deixar de comer alimentos gostosos para investir em uma alimentação saudável. É possível saborear receitas deliciosas e garantir os nutrientes necessários dos alimentos, equilibrando o que você consome e substituindo o que não faz bem por ingredientes saudáveis e de boa qualidade.

Leia também: 7 alimentos que ajudam a reduzir o açúcar no sangue

Quais são os problemas de saúde mais comuns ligados à má alimentação?

Os problemas de saúde mais comuns ligados à má alimentação incluem a obesidade, colesterol elevado, gastrite, diabetes e a hipertensão. Aliada ao sedentarismo, a obesidade pode predispor diversas outras doenças, como as citadas anteriormente.

Além de ser caracterizada pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, é importante checar se por trás da obesidade existe algum outro fator de predisposição genética, psicológica ou até mesmo ambiental que está induzindo a pessoa a tal situação de risco e buscar solucionar esse problema de saúde.

O colesterol elevado pode ocasionar o entupimento de veias e artérias, levando ao infarto ou ao derrame. O colesterol que se origina dos alimentos que ingerimos é produzido no fígado e vem principalmente de alimentos ricos em gordura, como queijos amarelos, derivados de leite, manteiga e etc.

Para evitar que esse aumento ocorra, é fundamental equilibrar o consumo de alimentos desse grupo e optar por uma alimentação saudável e rica em fibras, além de ficar longe de alimentos que possuam muitas gorduras trans. A prática de exercícios também é essencial.

A gastrite também é uma das doenças que podem ser provenientes da má alimentação e, principalmente, daqueles que fazem grandes intervalos entre as refeições e comem grandes quantidades quando se alimentam. Para fugir dessa irritação da mucosa estomacal é importante focar na alimentação saudável, comendo mais vezes ao dia e em pequenas quantidades.

Vale lembrar que deixar de lado os alimentos que irritam a mucosa estomacal é fundamental, como o refrigerante, alimentos ácidos, bebidas alcoólicas, frituras, café e condimentos.

A diabetes é uma doença que afeta o organismo devido à falta de produção, produção insuficiente ou, até mesmo, mau funcionamento da insulina, fazendo com que o índice glicêmico do sangue aumente. A diabetes tipo II é a que mais afeta as pessoas, sendo relacionada principalmente com a obesidade e com a predisposição à doença.

Praticar exercícios regularmente é fundamental para quem tem diabetes, assim como equilibrar e reeducar a alimentação. Se você tem predisposição ou é pré-diabético, é importante conversar com o seu médico para montar um cardápio baseado em uma alimentação saudável e reverter o caso.

O controle da ingestão de carboidratos simples e o equilíbrio da alimentação são essenciais para fugir da diabetes.

Outra doença que acomete muitas pessoas e vem cada vez mais acometendo jovens é a hipertensão. Grandes causas do aumento da pressão arterial são a má alimentação e questões hereditárias. O consumo exagerado de gorduras, sal e bebidas alcoólicas, o tabagismo, sedentarismo e a obesidade são contribuintes para o aparecimento dessa patologia.

É fundamental prestar atenção na quantidade de sódio que os alimentos industrializados contêm antes de consumir. Uma alimentação saudável e balanceada é uma ótima aliada para controlar a pressão arterial e ficar em dia com a saúde do seu corpo.

A alimentação saudável é um suporte essencial para reverter essas situações, junto de exercícios e de acompanhamento médico e nutricional de confiança. É importante realizar todos os exames necessários antes de dar início a qualquer dieta e buscar por produtos e fornecedores de qualidade, garantindo a alimentação saudável e bem-estar do seu corpo. Continue acompanhando as novidades em nosso blog.

alimentação saudável

Comentários no Facebook

FARINHAS LOW CARB

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×