Mitos sobre a dieta lowcarb - Ingredientes Online

Mitos sobre a dieta lowcarb

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Muitos são os mitos sobre a dieta lowcarb. Por isso, citaremos aqui os principais mitos relacionados a essa dieta sobre supostos danos causados pela redução do consumo de carboidratos e a manutenção do consumo de gorduras na alimentação diária.

O mito da gordura

A dieta lowcarb não restringe o consumo de gorduras, pois elas também são fontes de proteínas. Mas isto faz com que leigos ou pessoas que cultivam crenças antigas acreditarem que a dieta lowcab estimula o aumento do colesterol e consequentemente o risco de doenças cardíacas.

Esse é o mito que tem como origem a percepção de que todo tipo de gordura provoca colesterol alto e consequentemente problemas no coração. Mas já deve ter ouvido falar sobre o colesterol “bom” e o colesterol “mal”.

A dieta lowcarb prioriza o consumo de gordura “boas”, as monoinsaturadas em detrimento das consideradas nocivas, as industriais, as saturadas. Essa dieta não exclui o consumo de gordura, mas, recomenda moderação no consumo de determinados alimentos, incluindo gordura boa.

O mito da deformação do cérebro por causa da redução de carboidratos

Outro mito que surge com frequência na pauta de lowcarb para iniciantes: a de que a redução brusca da ingestão de carboidratos diminui a produção de glicose, o combustível do cérebro, que consome de cerca de 120 gramas da substancia por dia.

Portanto a dieta, segundo essa teoria, causaria transtornos cerebrais que poderiam levar até a loucura. É verdade que o cérebro humano consome glicose para se manter positivamente operante, mas é incorreto pensar que a única fonte de glicose derive dos carboidratos que consumimos.

Nosso fígado tem uma incrível capacidade de produzir glicose a partir de outras substâncias, como os aminoácidos das proteínas ingeridas.

Outro ponto a se considerar neste artigo de lowcarb para iniciantes: se a redução do consumo de carboidratos provocasse dramática redução da produção e absorção de glicose ao ponto de provocar danos cerebrais irreversíveis, como os esquimós se manteriam saudáveis?

Se tal afirmação tivesse algum sentido, qualquer pessoa que se submetesse a uma rigorosa dieta, não teria suas faculdades mentais afetadas? A redução do consumo de carboidratos também alimenta a crença de que a dieta lowcarb seja restritiva, outro mito.

Lembre-se: a proposta é reduzir o consumo de carboidratos, mas compensar essa redução substituindo-os por outros de baixo índice glicêmico e por proteínas e gorduras. Não há restrição quanto ao número de refeições por dia e se incentiva a se alimentar até se sentir saciado, mas seguindo o cardápio indicado.

Para conhecer nossos produtos lowcarb, acesse o site Ingredientes Online e também fique por dentro das receitas que postamos em nosso blog.

Comentários no Facebook

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×