Você sabe o que é a glutamina? Confira! - Ingredientes Online

Você sabe o que é a glutamina? Confira!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Você sabe o que é glutamina? Nesse artigo vamos informar sobre esse elemento, que é encontrado em abundância no nosso organismo.

A glutamina é um aminoácido que forma proteínas e pode ser encontrado em muitos tecidos do nosso corpo, como fígado, pulmões e cérebro, mas, principalmente, encontra-se no tecido muscular. Justamente por isso ela é muito utilizada entre praticantes de esportes e também nas academias. Alguns atletas utilizam sua suplementação para reforçar o sistema imunológico e aumentar a massa muscular.

Glutamina cápsulas
Glutamina cápsulas. | Foto: Freepik.

O que é glutamina? 

A glutamina é um aminoácido livre que é mais abundante no plasma e no tecido muscular, por isso ela é importante para processos metabólicos. Desse modo, ela não é essencial, porque pode ser produzida pelo nosso organismo a partir de outros aminoácidos.

Em nosso organismo, a glutamina é um aminoácido envolvido em várias funções, como proliferação do desenvolvimento de células, equilíbrio de acidez, transporte de amônia de um tecido para outro, produção de glicose e até mesmo ações antioxidantes.

Mesmo sendo produzida em grandes quantidades naturalmente, quando o nosso corpo passa por treinos intensos ou dietas restritas, a síntese do aminoácido não é suficiente para suprir toda demanda do organismo. Em casos assim, podem ocorrer muitos problemas, como lentidão na produção endógena e até enfraquecimento do sistema imunológico.

Também em situações específicas como cirurgias, queimaduras, traumas e atividades físicas de alta intensidade, a quantidade de glutamina produzida pelo corpo nem sempre é suficiente, pois o nosso organismo exige uma demanda bem maior.

É por isso que muitas vezes a suplementação de glutamina acaba sendo uma alternativa para aprimorar funções metabólicas e assim garantir todo aporte nutricional.

Para que serve a glutamina

Podemos nos perguntar: para que serve a glutamina? Como já dito, ela serve para diversas funções, como auxiliar em toda construção e recuperação muscular, por isso ela acaba sendo uma das mais buscadas pelas pessoas que praticam atividades físicas, que também colabora para o ganho de massa muscular e ainda na perda de gordura, reduzindo o estresse e diminuindo o risco de lesões.

Quando suplementada, ela é absorvida em maior parte pelo intestino delgado. Portanto, o aminoácido passa a ser primordial para a manutenção da saúde intestinal e pode ser usado como substituto à glicose, como uma grande fonte de energia.

A glutamina possui substratos necessários para a proliferação das células do intestino, assegurando, assim, toda absorção de outros nutrientes.

Uma outra função importante é o seu papel como combustível para as células imunitárias. Com isso, podemos dizer que o aminoácido é indispensável para a defesa do nosso organismo, agindo contra doenças e infecções. 

Benefícios da glutamina 

Quando falamos de atividade física, a glutamina serve como suplementação, pois proporciona para os atletas uma recuperação muscular rápida e melhor rendimento nos treinos. Sabe por que isso acontece? Pois a glutamina fornece energia para nosso sistema imunológico, auxiliando todo o processo inflamatório e a recuperação muscular, além de, também, agir na síntese de proteínas, favorecendo, desta forma, a hipertrofia muscular.

Além disso, há outros benefícios da glutamina no nosso organismo, tais como:

Melhora do funcionamento do intestino

Como já falamos antes, a glutamina é a principal fonte de energia para nosso intestino, pois ela estimula o crescimento e fortalece as células, promovendo, assim, o equilíbrio da flora intestinal e ajudando a prevenir e combater alguns problemas como prisão de ventre, diarreia ou até o câncer de intestino. 

E além de agir no fortalecimento das bactérias benéficas do nosso intestino, também auxilia no tratamento de doenças inflamatórias intestinais, como colite.

Vale ressaltar que a melhora da função intestinal, consequentemente, também melhora o humor e bem-estar da pessoa, porque o intestino é o maior órgão produtor de serotonina em nosso organismo.

Imunidade 

A suplementação da glutamina é importante para o nosso sistema imunológico, porque é utilizada em grandes quantidades pelas células imunes que não possuem enzima suficiente para produzir a glutamina. 

Por isso, o sistema imunológico é super dependente da glutamina sintetizada e é liberada pelo músculo esquelético, para satisfazer todas as necessidades do nosso organismo. 

Ajuda a prevenir doenças do coração

A glutamina atua como um antioxidante, ajudando a prevenir doenças do coração, como infarto, derrame, entre outras. Desse modo, ela auxilia no combate ao excesso de radicais livres, compostos produzidos no organismo através do fumo, do estresse, da ingestão de álcool e até de alimentos industrializados.

Exercício físico de alta intensidade

O músculo esquelético produz e libera a glutamina para toda a corrente sanguínea. Em atividades de alta intensidade, a liberação desse aminoácido acaba sendo bem menor e, com essa diminuição no plasma, o sistema imunológico acaba ficando prejudicado, abrindo espaço para infecções que podem atrapalhar o treino e também o desempenho do atleta. 

Com a alta intensidade na prática de exercícios físicos, o organismo acaba sendo desgastado, provocado pelo catabolismo ou queimação muscular, quando há uma quebra de nutrientes. O tecido muscular é afetado e não consegue se recuperar. 

Além disso, a glutamina é responsável por transportar nitrogênio disponível no organismo para as células de todo tecido muscular.

 Como tomar glutamina?

Muitas pessoas perguntam: como tomar glutamina? A resposta é simples: ela pode ser consumida em qualquer momento do dia, por ser um produto de sabor neutro, que pode ser misturada a outros suplementos, vitaminas de frutas e sucos.

A quantidade diária recomendada varia de acordo com as necessidades nutricionais de cada pessoa. Porém a recomendação indicada é entre 8 a 15 gramas diárias divididas em 2 a 3 vezes ao longo do dia, podendo ser consumida antes do treino ou antes de dormir.

É importante lembrar que a ingestão de quantidades altas de suplementos de aminoácidos, como a glutamina, pode causar insuficiência renal e, por esse motivo, devemos consumi-los apenas com a orientação de um nutricionista.

A Ingredientes Online trabalha com produtos para todos os tipos de alimentação saudável, bem-estar e sustentabilidade. Se quer saber mais sobre o que é glutamina, suplementos e diferenças entre eles, entre no site e saiba tudo. E, se você quiser  comprar glutamina direto da Ingredientes Online, basta clicar aqui.

Comentários no Facebook

FARINHAS LOW CARB

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×